Notícias

15 set.2017

Ensaios clínicos aprovam biossimilares para linfoma folicular

Compartilhe:

Conforme ensaios clínicos de fase 2 e 3 publicados no The Lancet, os biossimilares CT-P10 e GP2013 oferecem segurança comparável ao rituximabe para pacientes com linfoma folicular avançado e não tratado previamente.

Os dados reforçam os resultados de teste da fase 3 anterior entre pacientes com artrite reumatoide, onde o CT-P10 mostrou equivalência ao seu medicamento de referência tanto em eficácia, quanto em imunogenicidade.

As taxas de resposta global foram de 97% (64/66) para os pacientes que receberam o CT-P10 e 93% (63/68) para os que receberam rituximabe. Para o GP2013 as taxas foram de 87% contra 88% do rituximabe mostrando segurança, tolerabilidade, imunogenecidade e farmacocinética comparáveis.

Os estudos envolveram a quimioterapia biossimilar com ciclofosfamida, vincristina e prednisona (CVP). Tem mais informações sobre a aplicação dos biossimilares aqui.

Linfoma folicular é um tipo de linfoma não-Hodgkin indolente, originado no centro germinativo do folículo linfático, assim como os linfomas difusos de grandes células e de Burkitt.

Fonte: Cancer Therapy Advisor

Leia mais: Estudo comprova eficiência do biossimilar CT-P6 no tratamento de câncer de mama.

Notícias Relacionadas

Mantenha-se informado sobre Biossimilares

Assine a newsletter do site e receba periodicamente as novidades em seu e-mail.

Fale conosco